AMUSEP - Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense

Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

Notícias

23/05/2018 - Aroldi assume Presidência da CNM, com compromisso de reformar pacto federativo

Eleito para o mandato 2018-2021, o ex-prefeito de Saldanha Marinho (RS), Glademir Aroldi, assumiu, na manhã do dia 23 de maio, o comando da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Ele sucede o também gaúcho Paulo Ziulkoski, de Mariana Pimentel, que liderou a instituição por 21 anos. A solenidade de posse ocorreu como parte integrante da programação da XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

Para o público, que lotou as dependências do Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), Aroldi afirmou que vai dar continuidade à luta da CNM em defesa dos municípios, que, em duas décadas, resultou em conquistas de R$ 656 bilhões às prefeituras. “A CNM é uma referência nacional para diversos segmentos. Uma entidade que transformou em conquistas dezenas de bandeiras do movimento municipalista”, destacou.

Além dos resultados obtidos, Aroldi apontou o respeito conquistado pela CNM perante os poderes Executivo e Legislativo, tanto em função da legitimidade dos pleitos quanto em decorrência da postura e das orientações estratégicas seguidas. A independência financeira, de acordo com ele, também foi um elemento “capaz de assegurar que os princípios do Movimento Municipalista e as lutas jamais se verguem às investidas demagógicas, eleitoreiras e interesseiras de quem pensa em utilizar esta bandeira no favorecimento pessoal ou de grupos”.

Ao comentar as propostas de gestão, Aroldi salientou a necessidade de aprimorar o pacto federativo, com justiça e equilíbrio, aproveitando a oportunidade política aberta pela eleição de 2018. Ele convocou os integrantes do movimento a cobrar apoio dos candidatos, nos redutos eleitorais deles, à aprovação da pauta dos municípios, pressionando para que alguns pontos sejam votados ou decididos ainda este ano. Na lista de prioridades, o presidente colocou a concretização do encontro de contas da dívida previdenciária com o governo federal, o julgamento positivo e a liberação de recursos dos royalties do petróleo, travado no Supremo Tribunal Federal (STF), e a compensação adequada pelas perdas da Lei Kandir, entre outros itens.

Aroldi foi eleito em março de 2018. No discurso de posse, também lembrou a trajetória e a vivência pessoal na realidade municipalista, com as eleições para vereador e prefeito da cidade de Saldanha Marinho. Nos anos de 2006 e 2007, Aroldi esteve no comando da Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). Naquela época, ele conduziu uma mobilização para pressionar o governo por mais recursos para o transporte escolar.

Fonte: Assessoria de Comunicação da CNM

Imagens

Novo presidente também prega fortalecer a união e as entidades de representação do Movimento Municipalista - CRÉDITO: Divulgação

Outras Notícias

Avenida Nóbrega nº 370 - Sala 04, Zona 04

CEP: 87014-180 - Centro - Maringá - Paraná

 (44) 3225-7922

 amusep@amusep.com.br

Facebook